O que é Brainspotting?

É uma metodologia terapêutica de base cérebro-corpo-relacional. O Brainspotting articula o conhecimento dos processos de memória e auto regulação cerebral com a expressão corporal, muitas vezes reflexo desses processos e a perspectiva relacional da psicoterapia para promover o melhor resultado terapêutico. Essa articulação aparentemente simples é fundamentada teoricamente a partir dos novos conhecimentos da neurociência e promove o empoderamento das pessoas sobre seu próprio processo de cura.




Por se tratar de uma terapia que dá suporte ao processo natural de auto regulação do sistema nervoso, os resultados podem ser bastante surpreendentes em tempo de resposta e especialmente em profundidade e generalização dos resultados alcançados. Quadros depressivos, bipolar, ansiedade, descontroles emocionais, TEPT e traumas físicos, preparação e recuperação de intenções invasivas, fobias, pânico são alguns exemplos de tratamentos bem-sucedidos. Devido a profundidade fisiológica do processo, temos obtidos bons resultados no suporte a doenças degenerativas, autoimunes e dores crônicas. Terapeutas especializados em quadros mais graves como esquizofrenia, transtornos graves de apego, TDI e borderline também descrevem o Brainspotting como um recurso importante para auxiliar no andamento dos casos.

A metodologia foi desenvolvida e é incessantemente ampliada por David Grand PH. D.. Um terapeuta nova-iorquino que buscou em sua vasta experiência no trabalho com traumas, EMDR e SE, incluindo uma intensa exposição no trabalho com vítimas do 11 de setembro a expertise e sensibilidade para identificar e sistematizar os processos envolvidos no processamento de memórias através do Brainspotting.

Na fase 3 de formação, curso ministrado exclusivamente por David em todo o mundo, ele também nos ensina a trabalhar manejos avançados de Brainspotting, incluindo o desenvolvimento de recursos, habilidades artísticas como canto e interpretação, além do trauma e desempenho esportivo.

Como o Brainspotting foi descoberto?



Quais as bases Neurobiológicas do Brainspotting?